segunda-feira, 9 de julho de 2018

O picão de Curitiba


Eu tenho uma propriedade pra mulher que quiser namorar e casar comigo, tenho uma propriedade, um terreno grande e duas casas. Minha propriedade está avaliada em oitocentos mil reais. E tem escritura. A moça que casar comigo, depois que casar no civil, ela fica dona do terreno e das duas casas. Minha propriedade, meu terreno e as duas casas têm trinta metros de frente por sessenta de fundos, foi avaliada pela imobiliária e vale oitocentos mil reais. Daí, a mulher que namorar e casar comigo, Osvaldo José, a mulher fica dona do terreno e das duas casas. Mas eu quero uma mulher que goste de mim por amor. Pelas minhas qualidades, porque eu sou um cara safadinho, tenho boa pegada e sou experiente no amor. E vou falar bem a verdade: um homem bonito e gostoso como eu, as mulheres não acham em qualquer esquina não. Além de ser fiel, sincero, honesto, bom caráter e responsável, o que mais posso dizer? Sou safadinho, experiente no amor e posso realizar a fantasia sexual de qualquer mulher. Posso realizar todas as fantasias sexuais de uma mulher. Nisso eu sou bom, sou bom de cama. Quem quiser me provar, me experimentar, com certeza vai pedir bis. Porque um homem gostoso e bonito como eu não se encontra em qualquer esquina não. Eu me garanto no que digo, eu falo e provo. Se alguma mulher quiser me experimentar, ficar, namorar comigo, vai ver que sou um cara bem interessante, né? É só vir aqui me conhecer, que não vai se arrepender não, eu dou conta do recado. Sou novo, tenho trinta e sete anos, então, qualquer mulher que quiser realizar as fantasias comigo, que quiser ter intimidade comigo, mas daí fica só entre duas pessoas e quatro paredes. Não sou de falar, eu sou de fazer, no caso, eu não falo, eu faço. Faço o que a mulher pedir, não sou de comentar com os outros, com outras pessoas, é entre eu e a mulher, entre duas pessoas e quatro paredes.



Conto publicado em A certeza das coisas impossíveis [Tulipas Negras, 2018], meu sétimo livro de narrativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.