terça-feira, 28 de julho de 2015

Na disputa do Prêmio Oceanos 2015

Deu na coluna do Aroldo Murá:

Divulgada nesta semana a lista dos livros que disputam o Prêmio Oceanos 2015 (ex-Portugal Telecom): 592 obras publicadas em 2014 estão aptas a concorrer. O curitibano Marcio Renato dos Santos concorre com 2 títulos, Dicionário amoroso de Curitiba (Casarão do Verbo) e 2,99 (Tulipas Negras).
Em setembro, sai outra lista, no caso, com as 40 obras semifinalistas e, em novembro, serão revelados os 12 finalistas e, posteriormente, os 4 vencedores. O campeão fatura R$ 100 mil, o vice abocanha R$ 60 mil, o terceiro colocado ganha R$ 40 mil e o quarto lugar leva R$ 30 mil. Nesta competição, bancada pelo Itaú, autores de romance, conto, poesia e crônica estão na mesma disputa. A lista com os livros que concorrem ao Oceanos 2015 pode ser conferida neste link:http://d3nv1jy4u7zmsc.cloudfront.net/wp-content/uploads/2015/07/Concorrentes-Oceanos-1.pdf

segunda-feira, 27 de julho de 2015

No Oceanos

Deu no blog do Fábio Campana:

Acaba de ser divulgada a lista dos livros que estão na disputa pelo Prêmio Oceanos (ex-Portugal Telecom): 592 obras, publicadas em 2014, estão aptas a concorrer. O curitibano Marcio Renato dos Santos [foto de Henrique Pereira] está no páreo com 2 títulos, Dicionário amoroso de Curitiba (Casarão do Verbo) e 2,99 (Tulipas Negras). Daqui a um mês deve sair outra lista com as 40 obras semifinalistas e, em novembro, o júri revela os 12 finalistas e, enfim, os 4 vencedores. O primeiro lugar leva R$ 100 mil, o segundo embolsa R$ 60 mil, o terceiro abocanha R$ 40 mil e o quarto lugar ganha R$ 30 mil – não há diferenciação por gêneros: autores de romance, conto, poesia e crônica estão na mesma disputa.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Mais laiquis na revista Status

Ronaldo Bressane comenta Mais laiquis na revista Status:

Uma banda cover decadente, um produtor de salsicha que pretende ser escritor, o velho líder de uma banda punk, o artista incompreendido munido de curador e assessor de imprensa, um artista que resolve parar de produzir, um não-escritor que compra obras alheias para publicar sob seu nome, um publicitário em crise: todos são personagens dos divertidos contos de Mais laiquis (Tulipas Negras; 80 págs.; R$ 40), do curitibano Marcio Renato dos Santos em busca de amor, carinho, atenção, ou seja, “likes”.