quarta-feira, 27 de maio de 2015

Na Semana Cultural Literária de 2015

Durante a palestra "A cidade, o conto e eu", hoje, 27 de maio, no palco do auditório Paul Garfunkel, na Biblioteca Pública do Paraná. A atividade, que teve mediação de Margareth Fuchs, faz parte da Semana Cultural Literária, que acontece até 30 de maio em Curitiba. Foto de Noerli Cordeiro.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Zé Mariano Mariano resenha Mais laiquis

Zé Mariano Mariano, de Florianópolis, escreveu resenha, publicada em seu Facebook, sobre Mais laiquis. 
"Eu conheci Marcio Renato Dos Santos no 5º Festival Nacional do Conto e agradeço o livro "Mais Laiquis", que recebi de presente.
Um livro de contos em que a procura por visibilidade é, salvo engano, a temática principal. Mas um conto em especial me chamou a atenção: trata-se de "No dia em que te vi", sobre o personagem Charles, que espera divulgação da peça: "As inquietações de um sujeito criativo", em que o protagonista tenta reconquistar a ex-mulher Cibele com o único intuito de divulgação, num suposto enlace interesseiro. Desfecho interessante do conto e da reação da personagem Cibeli.
O conto que dá título ao livro é "Mais laiques", ou "Mais curtidas". Acabei de ler que o número de "curtir" quanto maior, eleva os níveis de dopamina/endorfina (não seria morfina?) e vicia. É bem atual a temática.
"Bicicletas de Curitiba" tem algo interessante: o elemento surpresa. Ninguém esperaria o desfecho oferecido à protagonista Cassandra. É conferir, caríssimo leitor!
O conto "Off-line" é também sobre a ansiedade de se estar conectado, aqui e agora, nas mídias sociais. A narradora afirma que o homem que está deitado na cama é o assunto que, também e por falta de visibilidade, desaparece. E tudo o que ela queria era uma "selfie".
Na página sessenta há um problema de digitação que em nada compromete o texto: "Fred, diz em voz alta ..." (retificando, enquanto leitor que sou). Trata-se de um alcóolatra. Texto instigante.
Em "Boquita Pequena" uma grata surpresa: um desvio da norma do tema de visibilidade, afinal não se trata da superficialidade de exposição, mas entre ser e não-ser. A ótima ideia dos "Tulipas Negras" está aí e, me arrisco a dizer, é o mais profundo dos contos apresentados, pois ser travesti é marca de "invisibilidade social", quando não de violência, infelizmente. Bom conto!
Os dois últimos: "Que a cidade comeu" e "Ele era Bento" as personagens desaparecem, Nilo engolido pela cidade, numa metáfora ou, ainda, o Bento em embate permanente com Richard, sem uma clara conexão entre o desenvolvimento e o desfecho, mas me arrisco a dizer que o humor de Bento desaparece na tecnocracia do tecladista (de teclar) Richard.
Há, ainda, sempre dúvidas temporais em alguns dos contos apresentados: ano e dia, por exemplo. Seria 2012 ou 2015? Sexta ou sábado?
Mais do que a memória do narrador, a nossa de fato desaparece no anseio de "curtidas", numa Tendência desconexa e sem sentido. Incomunicabilidade!"

Foto de Henrique Pereira.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Em cena no 5.º Festival Nacional do Conto

Foto de Henrique Pereira.

Autógrafos no 5.º Festival Nacional do Conto

Autógrafos em Mais laiquis no 5º Festival Nacional do Conto, em Florianópolis, na noite de 20/05 - cena registrada por Henrique Pereira.

Público do 5.º Festival Nacional do Conto

Público entusiasmado durante a mesa “Conto: teoria, prática e mercado”, com Charles Kiefer (RS), Marcio Renato dos Santos (PR) e Sidney Rocha (PE), com mediação de Altair Martins (RS). Uma cena do 5º Festival Nacional do Conto, em Florianópolis, na noite de 20/05, registrada por Henrique Pereira.

Clique do 5º Festival Nacional do Conto

Com Carlos Henrique Schroeder, Sidney Rocha, Altair Martins e Charles Kiefer, na noite de 20 de maio, no 5º Festival Nacional do Conto, no SESC Prainha, em Florianópolis. Foto de Henrique Pereira.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

sábado, 16 de maio de 2015

Noite de 15 de maio de 2015 no Café Snege

Com Murilo Meneses e Ana Paula Bacchi no Café Snege, 15 de maio de 2015, na noite de autógrafos de Mais laiquis.

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Deu no blog Rodapé da Gazeta do Povo

Livia Inácio fez uma postagem no blog Rodapé, da Gazeta do Povo, sobre Mais laiquis, que autografo amanhã, 15 de maio, no Café Snege:

Como já dizia Jout Jout, ninguém admite nas redes sociais quando está numa pior. Ali, a vaidade impera. O escritor Márcio Renato dos Santos retrata esse cenário em seu livro Mais Laiquis, publicado pela editora Tulipas Negras. A obra será lançada nesta sexta-feira (15), noCafé Snege, em uma sessão de autógrafos que começa às 19h30.
O livro reúne 13 contos cheios de bom humor que problematizam o que já se tornou rotina na internet. Para se ter uma ideia, há histórias nas quais os personagens estão tão perdidos no universo virtual que não sabem se estão vivos, mortos ou dentro de um pesadelo. Confesso que ainda não li, mas estou bem curiosa. :D

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Deu no Bessa: Mais laiquis no 5.º Festival Nacional do Conto

Deu na coluna do Reinaldo Bessa, publicada nesta quarta-feira, 13 de maio de 2015, na Gazeta do Povo:

Nem te conto

O escritor curitibano Marcio Renato dos Santos será uma das atrações do 5º Festival Nacional do Conto, que ocorre de 19 a 24 deste mês em Florianópolis. Realizado pelo Sesc-SC e pela Design Editora, o evento reúne, todo ano, os mais importantes contistas do Brasil. No dia 20, ele participa da mesa “Conto: teoria, prática e mercado”, ao lado dos escritores Charles Kiefer e Sidney Rocha, com mediação de Altair Martins.
Marcio acaba de publicar Mais laiquis, seu quarto livro de contos.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Nesta sexta dia 15 de maio no Café Snege

Nesta sexta-feira, 15 de maio, autografo, a partir das 19h30, Mais laiquis no Café Snege, Rua Mamoré 188, em Curitiba. Quem puder, apareça. Foto de Kraw Penas.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

No 5º Festival Nacional do Conto

Participo do 5.º Festival Nacional do Conto no dia 20 de maio, a partir das 20 horas, na mesa "Conto: teoria, prática e mercado", ao lado de Charles Kiefer e Sidney Rocha, com mediação de Altair Martins. 

terça-feira, 5 de maio de 2015

No Café Snege dia 15 de maio

Autografo Mais laiquis no Café Snege (Mamoré, 188, Mercês, Curitiba), dia 15 de maio, a partir das 19h30. Quem puder, apareça. A foto é do Kraw Penas.